CONHEÇA OS 10 PRINCÍPIOS PARA TRATAMENTO DE DADOS PESSOAIS – LGPD

  • 10 requisitos para tratar dados pessoais LGPD
    LGPDLei Geral de Proteção de Dados Pessoais, determina como os dados devem ser tratados e protegidos no Brasil, tanto no âmbito digital, como fora deste, por empresas ou órgãos públicos, permitindo que os cidadãos tenham mais controle sobre seus dados, especialmente sobre o modo como são usados.

    O QUE SÃO CONSIDERADOS DADOS PESSOAIS?

    Segundo a LGPD, dado pessoal é toda Informação relacionada a pessoa física, que a identifica ou a torna identificável. Por exemplo: o nome, e-mail, RG, CPF, endereço, IP, Cookie de navegação são considerados dados pessoais porque identificam ou possibilitam a identificação de pessoas.

    É só no meio físico/offline que a LGPD vale?
    Por exemplo, se eu coleto dados pessoais usando um ficha de inscrição, eu tenho que me adequar as exigências da LGPD? – Sim! Inclusive as recepções de condomínios que recolhem dados pessoais para fins de segurança? – Com certeza! TODA empresa, pública ou privada, que coleta dados pessoais que identificam ou tornam identificável uma pessoa.

    Mas o meu site não precisa, certo?
    O meu site, que usa Cookie de navegação e um formulário de contato que pede nome, e-mail e telefone, precisa adequar-se a LGPD? – Sem dúvidas! Você terá que adequar seu site ou ECommerce conforme as exigências da lei.

    DADOS PESSOAIS SENSÍVEIS E DADOS PESSOAIS SÃO A MESMA COISA?

    Não. Os dados pessoais sensíveis, pelo potencial discriminatório que apresentam, de acordo com a proposta em questão, deve ser protegidos de forma mais rígida. O que podemos considerar como sendo dados pessoais sensíveis? Todo dado pessoal sobre:

    • Origem racial ou étnica;
    • Convicção religiosa;
    • Posição política ou filosófica;
    • Filiação a sindicato ou organização de caráter religioso;
    • Informação sobre saúde ou vida sexual;
    • Dado biométrico;
    • Informação genética ou biomédica.

    E DADOS ANONIMIZADOS?

    De forma quase oposta à ideia de identificação, os dados anonimizados (ou anônimos) são dados que se referem às pessoas, mas não as identificam – dados estatísticos, por exemplo. Em resumo, um dado anônimo, mesmo que se refira a uma pessoa (ou grupo de pessoas), não permite identificar o titular. 

    OS 10 REQUISITOS PARA TRATAR DADOS PESSOAIS

    Lei Geral de Proteção de Dados exige que os dados pessoais sejam tratados de forma lícita e transparente. Além de informar e garantir, ao cidadão, o cumprimento acerca de como seus dados pessoais estão sendo tratados. E estabelece 10 medidas:

    1. FINALIDADE

    LGPD exige que exista uma finalidade específica para tratamento dos dados pessoais. A empresa não pode simplesmente coletar os dados pessoais para fins indefinidos. Além disso, a empresa deve informar o titular dos dados, de forma clara e objetiva, porque está coletando e como está usando os dados dele. E não pode alterar o motivo após informá-lo.

    2. ADEQUAÇÃO

    A empresa deve coletar apenas os dados que sejam compatíveis com o contexto e a finalidade informada ao titular dos dados. Por exemplo, caso os dados coletados sejam para efetivar inscrição num curso, você deve garantir ao titular que os dados serão usados apenas para finalidade de matrícula formal no curso e cumprimento de legislações específicas.

    3. NECESSIDADE

    Os dados pessoais devem ter o volume apropriado, estar adequado ao propósito e não ultrapassar a quantidade necessária para realizar o tratamento de dados. Ou seja, além de garantir que os dados são adequados, o controlador, ou seja: a empresa, deve obter apenas o mínimo necessário de dados pessoais para realização de suas finalidades.

    4. LIVRE ACESSO

    A empresa deve oferecer acesso livre e gratuito para que o titular consulte seus dados, a forma como está sendo tratado e o tempo que será tratado.

    5. QUALIDADE DOS DADOS

    O titular pode conferir se os seus dados são exatos, claros, relevantes e atualizados de acordo com a necessidade e cumprimento da finalidade do tratamento. A empresa deve garantir que os dados pessoais são exatos e estão atualizados, tendo em conta as finalidades para as quais são tratados, e corrigi-los caso seja necessário.

    6. TRANSPARÊNCIA

    A empresa deve garantir, ao titular, informações claras, precisas e facilmente acessíveis sobre como o tratamento é feito e os agentes responsáveis pelo tratamento. Os segredos comercial e industrial não são necessários apresentar, neste caso.

    7. SEGURANÇA

    A empresa deve apresentar garantias técnicas e  administrativas adequadas para garantir a segurança dos dados pessoais, incluindo a proteção contra o seu tratamento não autorizado, ilícito, contra a sua perda, destruição ou danificação acidental, adotando as tecnologias adequadas.

    8. PREVENÇÃO

    Além da segurança, é essencial que a empresa apresente as medidas adotadas para prevenir a ocorrência de danos em virtude do tratamento de dados pessoais.

    9. NÃO DISCRIMINAÇÃO

    A coleta de dados pessoais não pode ser usada para fins discriminatórios, ilícitos ou abusivos.

    10. RESPONSABILIDADE E PRESTAÇÃO DE CONTAS

    Além de cumprir os outros nove critérios, a empresa deve assegurar-se de provas, medidas eficazes e capazes de comprovar o cumprimento das normas de proteção de dados pessoais e, inclusive, da eficácia dessas medidas.

    EXEMPLO PRÁTICO

    Imagine que a sua empresa é uma agência de viagens. Quando você coletar os dados pessoais dos seus clientes, deve explicar em linguagem clara e simples o motivo pelo qual precisa dos dados dele, de que modo os utilizará e durante quanto tempo pretende guardá-los. O tratamento deve ser realizado de forma que respeite os 10 requisitos fundamentais da proteção de dados pessoais. 

    REFERÊNCIAS

COMO ESCOLHER O MELHOR PLANO DE INTERNET PARA A SUA EMPRESA

Problemas de conectividade com a internet é uma reclamação recorrente das empresas. Não conseguir entrar em sites, plataformas e Drives são obstáculos que diminuem a capacidade produtiva dos colaboradores, gerando estresse e perda de tempo hábil. Para ajudar você e o seu negócio a terem uma estabilidade em sua conexão com a internet, a Markpro Tecnologia Inteligente elaborou este artigo, fundamental para aumentar sua eficiência e auxiliá-lo a escolher o melhor plano de internet para sua empresa.

CONHECENDO AS REDE

Desde o Modem Discado, famoso no Brasil no início dos anos 2000, diversas plataformas de conexão foram desenvolvidas. Atualmente, o panorama é de multiplicidade, com as redes LTE, 3G/4G, Wi-Fi, WiMax, ad-hoc e de cabeamento sendo utilizadas nas principais companhias do mundo. Algumas delas são melhores que as outras em quesitos específicos, o que deve levar você a listar quais as prioridades de uso da sua conexão.

IDENTIFICANDO SUAS NECESSIDADES

Sua expectativa é navegar pela internet e usar o e-mail ou precisa de Drives, backups periódicos, aplicações ERP, CRM e Nuvem? Além disso, vai hospedar seus dados em servidores externos ou pretende ter uma central na empresa? Qual o seu capital de investimento nessa área? Vai usar roteadores?  Links dedicados? Quanto tempo o seu negócio pode ficar sem conexão?

Essas questões são determinantes para uma decisão sábia sobre qual rede e provedor escolher para o seu negócio – E elas não são simples. Antes de contratar um link dedicado, você precisa ter a certeza do seu consumo real de internet e as suas principais necessidades tecnológicas. Por isso, a consultoria de uma empresa especializada e o investimento em um Suporte de TI de qualidade são os pilares para o sucesso da sua estrutura de TI.

DICAS DE USO

Enquanto você ainda não estipulou qual será a conexão da sua empresa, existem conselhos práticos que podem dinamizar sua rede:

  1. Redução do Número de Abas Abertas: Pode parecer que não, mas quanto mais guias abertas no seu navegador, mais lenta a sua conexão fica. O uso dos dados se ramifica em várias direções, impedindo um foco direto no que realmente importa para você no momento. Ao terminar uma pesquisa, é aconselhável o fechamento da aba.
  2. Atualize Seus Aparelhos: Mesmo que não sejam recentes, seus equipamentos sofrem atualizações constantes de seus desenvolvedores em prol de melhor segurança e conectividade, principalmente. Não pare de realizar os processos de evolução do seu aparelho, pois várias aplicações de rede costumam ser alavancadas em cada um deles.
  3. Tenha Senhas Fortes: Ladrões de sinal são comuns. Esses hackers costumam funcionar como sanguessugas, retirando velocidade e agilidade da sua rede para uso próprio, dificultando acessos e processamentos. É sugerido, então, uma renovação periódica de suas senhas e a disseminação dessa informação apenas entre os colaboradores.
  4. Reinicie seu Roteador: Uma das perguntas mais ouvidas quando ligamos para as centrais de atendimento é se já desligamos e ligamos o aparelho de internet. O operador não diz isso por descaso – muito pelo contrário! Roteadores, quando estão em uso contínuo, podem travar por causa do superaquecimento. Reinicia-lo manualmente, portanto, é uma recomendação com embasamento técnico, assim como deixá-lo desligado quando não houver qualquer utilidade de conexão, o que pode melhorar gradualmente sua conexão e aumentar a vida útil do dispositivo.
  5. Teste sua Velocidade de Internet: não fique apenas na dúvida se a sua conexão está abaixo do normal. Nesse caso, você pode utilizar algum tipo de teste de velocidade através de ferramentas online. Seguem algumas opções:

O PAPEL DA MARKPRO PARA ESCOLHER O MELHOR PLANO DE INTERNET

A MarkPro Tecnologia é uma das maiores empresas do Brasil no setor de terceirização de TI, com 98% de aprovação entre seus clientes. Sendo assim, através de nossa consultoria especializada, somos capazes de revolucionar o seu sistema de TI e servidores. Adequando seu uso de rede atual aos seus anseios mercadológicos, aumentando a propensão de sua empresa e suas opções de produtividade.

Ao terceirizar sua TI, cuidaremos do remanejamento da sua conexão e das suas aplicações, entrando em contato diretamente com seus fornecedores e estando sempre ao seu lado para resolver questões estratégicas, entregando o melhor Suporte Presencial e Remoto do mercado nacional. Dê um fim aos seus problemas de conexão deixando que pensemos essa parte por você.

  • Para mais materiais explicativos e soluções de problemas de TI, acesse nosso blog especializado;
  • Conheça mais a Markpro Tecnologia em https://www.markpro.com.br/